ESCESSO DE ZELO OU FALTA DE CARINHO?

EXCESSO DE ZELO OU FALTA DE CARINHO?
Esta ‘Tamarix parviflora’ apresentava-se assim no Jardim João Serra em Olhão, mesmo ao lado da Estação dos Combóios. Este espetáculo aparece em Maio, se a deixarem, porque a coitada foi podada em 2014 e, quando em 2015 e 2016 começou a ficar assim, vieram logo cortá-la e não sei se em 2017 vamos ter o prazer de a ver florida.
A mim faz-me muita confusão a maneira como tratam dos jardins desta cidade. De que serve podar uma árvore se não as deixamos mostrar toda a sua beleza: as flores. Esta nem sequer estorva ninguém porque está plantada no meio de um grande relvado. Para se ser um bom jardineiro é preciso ter a sensibilidade de um poeta, a sabedoria de um agricultor, a visão de uma abelha, os cuidados femininos, a ilusão de um arquiteto paisagista e sobretudo não gostar nem precisar de usar um serrote.
Os meus pais eram tão pobres que eu fui crescendo na rua mas quando a guarda me devolvia ao barraco da minha mãe eu gostava de passar o tempo olhando a forma carinhosa com que ela conseguia dar vida às Malvas, a flor dos pobres que, apesar de resistentes precisavam de carinho para sobreviver. Carinho era a única coisa que a minha mãe lhes podia dar. Carinho é a única coisa que falta aos jardineiros desta cidade.SAMSUNG CAMERA PICTURES

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: