RURALIDADES 2010 EM SILVES:

Silves, 2 de Maio de 2010. Como viemos a esta cidade para participar numa Marcha-Passeio e depois desta percorrida aproveitámos para visitar esta Feira.
No contexto da RURALIDADES 2010 – Feira de Turismo, Agricultura, Cinegética, Artesanato, Gastronomia e Aventura – terá lugar na Fissul, em Silves mais um evento EU:Whole “urbanismo ecológico: um todo”.
A Câmara Municipal de Silves (CMS) leva a efeito, entre os dias 29 de Abril e 2 de Maio, a 3ª edição da feira Ruralidades, um evento destinado a promover todas as actividades ligadas aos mundo rural e ao interior do concelho, bem como as belezas naturais da serra e do barrocal.
A Apolónia sempre gostou muito de Maios e assim que os viu fez questão de os apreciar.
Durante os dias em que decorre este certame, os visitantes poderão apreciar a gastronomia tradicional (frutos secos, doçaria, enchidos tradicionais, pão caseiro, entre muitas outras iguarias), para além de poderem visitar inúmeros stands com artesanato e informações sobre as entidades que promovem a cultura tradicional algarvia. Haverá, igualmente, momentos dedicados à formação (ateliers e palestras), que abordarão não apenas as questões ligadas às artes tradicionais, mas as problemáticas normalmente relacionadas com associativismo da caça, o ecoturismo, entre outros temas.
 
Realmente, vistos ao pormenor vamos descobrindo os pequenos detalhes que mais nos chamam a atenção.
Também haverá tempo para a animação, interior e exterior, para crianças e adultos, desde desportos radicais( parede escalada, rappel, slide, tiro com arco), baptismo de voo em parapente com motor, insufláveis e ateliers diversos.
Porque as nossas infâncias foram um pouco como aqui se apresentam é por isso que as pessoas mais velhas se identificam melhor com estas coisas.

A Câmara Municipal de Silves (CMS) organiza, entre os dias 29 de Abril e 2 de Maio, a 3ª edição da feira Ruralidades, um evento destinado a promover todas as actividades de ligadas ao mundo rural e ao interior do concelho de Silves, bem como as belezas naturais da serra e do barrocal. Este ano, será dado um enfoque especial no património e nas tradições, procurando associar nesta temática grandes riquezas do concelho de Silves.

O prato de comida chamou a atenção de muita gente assim como muitos dos variadissímos apetrechos.

Para além de poderem visitar inúmeros stands com artesanato e informações sobre as entidades que promovem a cultura tradicional algarvia, durante os dias em que decorre este certame os visitantes poderão apreciar a gastronomia tradicional (frutos secos, doçaria, enchidos tradicionais, pão caseiro, entre muitas outras iguarias), quer através dos 80 produtores, que terão os seus expositores, quer através dos cinco restaurantes que terão os seus espaços a funcionar, com oferta diversificada.

Achei graça a este ferro de engomar antigo porque ainda tenho em casa um igual que a minha mãe usava quando eu era criança.
Na verdade, a Ruralidades 2010 terá algumas inovações em relação às edições anteriores, nomeadamente um espaço a que se chamou “pequeno mercado” e onde estarão disponíveis alguns produtos da terra, em nove barraquinhas montadas para o efeito. Outra das inovações prende-se com a presença de alguns espaços relacionados com o património rural, nomeadamente os Museu do Traje, de S. B. Messines, o futuro Museu do largar, em S. Marcos da Serra e o Museu da Cortiça, da Fábrica do Inglês, em Silves. Nestes stands, os visitantes poderão apreciar alguma informação relativa a estes temas e exposições fotográficas (dos fotógrafos Pedro Barros e Miguel Fonseca da Costa), que mostram algumas das fases de produção, quer da cortiça, quer do azeite. Esta preocupação resulta do facto de este evento ter uma ligação directa à temática proposta pelo Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS) – o património associado à actividade agrícola -, como tema de reflexão e trabalho para 2010.
 
Este cantinho está muito bem concebido. É um fartote de recordações.

Haverá, igualmente, momentos dedicados à formação (ateliers e palestras), que abordarão não apenas as questões ligadas à preservação das florestas, mas as problemáticas relacionadas com os Parques de Campismo Rurais e com a reprodução em cativeiro do Lince Ibérico, bem como várias temáticas ligadas à construção em terra, momentos organizados em colaboração com entidades tais como: Centro Nacional para a Reprodução do Lince Ibérico, Almargem, Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental do Algarve, Associação In Loco, Autoridade Florestal Nacional e CasaGranturismo.

Aquelas ratoeiras pequenas que estão na parede, quando eu era criança os adultos utilizavam-nas para apanhar ratos. Nós gostavamos mais de ir apanhar pássaros para os campos. Hoje isso já não é possível porque tudo é proibido.
Também haverá tempo para a animação, interior e exterior, para crianças e adultos, desde desportos radicais (parede escalada, entre outros desportos), estando montado um picadeiro, onde decorrerão algumas provas para o Campeonato Regional de Equitação de Trabalho. 
 
Cá fora o povo juntava-se e eram cada vez mais, apreciando as bancas ali existentes.
No programa musical destaca-se a presença da fadista CARMINHO, no dia 30 de Abril, pelas 22h00 e do grupo musical MELECH MECHAYA, no dia 1 de Maio, igualmente às 22h00. Os preços dos bilhetes para estes concertos são de €7,00 e €5,00 respectivamente. Todavia, haverá um bilhete especial para quem quiser assistir aos dois espectáculos, que ficará pelo preço de €10,00. Outra novidade, relativamente à edição deste ano, é que quem adquirir bilhetes para os concertos poderá beneficiar de uma sobremesa gratuita em diversos restaurantes do concelho (ver lista em anexo), que se associaram ao evento, de modo a promover a gastronomia local. Esta oferta é válida até ao dia 9 de Maio de 2010.
 
Mas eu levei mais tempo a apreciar as velharias a ver se me lembrava para que serviam cada uma destas peças.
 
Como se pode ver, havia laranjas por todo o lado.
 
É claro que não podia faltar os doces. Neste caso os tradicionais doces algarvios, especialmente os figos recheados com amêndoas.
 
A Feira estava muito agradável. O tempo lindo. As crianças correm e o povo vê. Limita-se a ver. Não vi ninguêm comprar nada porque os tempos não são para comprar. Até os ricos evitam comprar… para não despertar invejas.
 
Entrei no pavilhão. Lá dentro havia muito mais para ver. Logo à entrada havia música de acórdeão. Havia grades e grades de laranjas que a malta aproveitava visto que eram de borla e é preciso aproveitar não vá a crise passar. Havia meninas a servir sumo de laranja. Mais uma a não perder.
 
E havia também uma exposição de calhambeques mas fiquei com a impressão de que os calhambeques só la estavam como motivo de decoração, porque não havia nenhuma identificação destas velharias. Logo portanto não podia ser uma exposição.
 
Mas lá que eram velhinhas, isso eu não tinha dúvidas.
 
E que estavam muito bem conservadas e bonitas também era verdade. De qualquer forma também fiquei com a impressão de que estes veículos antigos tinham alguma coisa a ver com o meio rural de antigamente.
 
Agora esta bicicleta toda artilhada para fazer barulho está aqui porquê? O que é que isto tem a ver com o meio rural? Só pode ser para divertir as pessoas, só pode ser. Toda a gente precisa de se divertir. Até os trabalhadores rurais.
 
Mas o acordeão já é outra conversa. Não pode haver música popular mais popular do que a de um bom acordeonista. E se o povo gosta.
 
Embora ainda houvesse muita coisa para ver dentro do pavilhão regressámos à rua para ver os animais. Não nos podiamos distrair com as horas porque o autocarro esperava-nos. E começámos por ver os pintaínhos.
 
Fomos apreciando os carneiros e nesta altura ponho-me a pensar que devido ao facto de viver na cidade não consigo distinguir um carneiro de uma ovelha ou uma cabra de um borrego. Santa ignorância. Eu que nasci no campo cheguei a este ponto.
 
Mas enfim. Ainda tenho capaciade para raciocinar e por isso começo a pensar. Se o bicho tem cornos só pode ser macho, logo portanto deve ser um carneiro. Certo?
 
Ora digam-me lá se não tenho razão. Os cornos deste não enganam ninguém.
 
Este aqui também me fez uma certa confusão. No letreiro dizia que havia uma égua e um cavalo. E agora saber qual deles era a égua? Não tive outro remédio tive que olhar para baixo. Como não tinha nada, fez-se luz. Tinha encontrado a égua.
 
Agora este não engana ninguém. Ainda gostava de saber porque é que chamam burro a estes animais quando eu sou muito mais burro do que eles todos juntos.
 
Este boi é que tem juízo. Já que o trouxeram para o Algarve aproveita a praia, quer dizer, a palha.
 
Os poneis são cavalinhos pequenos, isso eu sei. E as crianças sabem melhor do que eu porque assim que os vêm ficam muito agitadas. Tudo o que é pequeno tem mais graça.
 
E aqui fiquei a saber que houve um concursa de ovinos, agora isto de Raça Churra Algarvia é que já é chinês para mim.
 
Mas um coelho é sempre um coelho e eu já tive uma coelheira com vários coelhos mas como já foi hà mais de 40 anos já nem me lembro como eles são.
 
Patos eu costumo ver muitos na Ria Formosa. Arroz de Pato não gosto porque é demasiado gordurento para o meu gosto. Acho que todos os animais deviam ter o direito de viver em liberdade nos seus ‘habitats’ naturais.
 
Mas o homem precisa de comer. Não é o que todos dizem? Que o digam os frangos. Este deve ser talvez o animal mais sacrificado pelo homem.
 
Por isso o homem não o larga por nada deste mundo. São de todas as cores e feitios. É assim que o homem gosta. Diversidade. E por isso a Feira começou por me pôr muito bem disposto devido a tanta laranja mas acabou por me deixar muito triste por pensar na sorte de todos estes animais. A vida é triste e ingrata.
 
Advertisements

2 comentários (+add yours?)

  1. edivalda
    Maio 18, 2010 @ 01:42:20

    Simplismente fixe

    Responder

  2. edivalda
    Maio 18, 2010 @ 01:42:32

    Simplismente fixe.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: