MARCHA-PASSEIO DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO:

7/FEV/2010 – Como vai sendo habitual, saímos do Largo da Estação de Olhão, eram 8,30h e uma hora depois estávamos em Vila Real de Santo António para a Caminhada que se ía realizar nesta localidade.

A concentração foi feita neste Complexo Desportivo, aliás, muito bonitinho.

Tão bonitinho que nem sequer fizeram aquecimento para o pessoal. Assim não vale. O aquecimento é muito importante e não sou eu que vos vou explicar porque razão é importante. Todos vocês sabem isto muito bem. Então porque é que certas Câmaras não fazem aquecimento? Será para não estragar a relva? A malta nem precisava da relva. Qualquer estradinha servia. Já estamos habituados.

Mas a malta nem sequer vem para aqui só para andar. É preciso desenferrujar a língua e isso é a primeira coisa que as mulheres fazem. Por alguma razão elas são maioritárias nestas andanças. Mas todos gostam de conviver. Já quase todos se conhecem e é hora de pôr a conversa em dia.

E nós lá tirámos o ‘boneco’ para mais tarde recordar.

Os barquinhos fizeram-se para andar dentro de água mas aqui é a água que anda de barquinho. Será que tem alguma utilidade a água dentro dos barcos. A gente sabe que é da chuva mas se a água não tivesse qualquer utilidade então certamente colocariam os barcos virados ao contrário. Não façam caso, os ignorantes são piores que as crianças, só fazem perguntas parvas.

E a malta lá se vai chegando para a partida. E realmente hoje pregaram-nos a partida.

Estou-me sempre a queixar das partidas desorganizadas. Não foi o caso de hoje. Obrigaram a malta a vir para este lado da pista e achei muito bem porque assim os apressados contiveram-se mais um pouco. Até a Apolónia estava na frente.

O pessoal juntou-se todo, e, como se pode ver estava muita gente. Até as crianças já começam a gostar de vir.

Ora vêm como uma partida organizada tem outra graça. A malta deu a voltinha à pista e saiu por este portão que foi aberto de propósito. Para alguma coisa serve um belo estádio.

E toca a meter pelo pinhal adentro. Toda a caminhada foi feita dentro deste pinhal. O único inconveniente é que a paisagem é sempre a mesma, mas mesmo assim é muito agradável e o terreno que pisávamos era muito bom embrora fora dos carreiros só houvesse areia.

Como se pode ver, por onde o pessoal vai andando é um terreno duro, de pedra miudinha que dá um óptimo andar mas ao lado, por onde passam os TT vê-se que é só areia.

E lá vamos andando, quase em fila indiana, conversando, outros resmungando com a vida e com a crise e o engraçado nestas caminhadas é que pouco se fala de futebol. Coisa que me tem admirado bastante. Porque o pessoal também precisa de esquecer o futebol. É que o verde está em crise e como a paisagem é verde… realmente, não apetece.

Vê-se muita madeira escura à beira dos caminhos. Será que também aqui chegaram os incêndios? É bem provável.

O dia estava muito agradável para caminhar. Desde que não chova, está sempre bem.

A Apolónia arranja sempre com quem conversar. É assim que ela gosta. Já apanhámos uma caminhada em que não conseguiu falar com ninguém. Nesse dia fartou-se de dizer que não gostou nada do passeio.

E lá apareceu uma garrafita de água que vinha mesmo a calhar. Nós resmungamos porque não há laranjas.

Tem chuvido bem como se pode ver o que também é bom porque baixa o pó e não há tanta alergia no ar.

É um gosto ver esta paisagem sem nada que a polua.

Chegámos a um ponto em que havia muitos pombais. Foi engraçado de ver os pombais muito bem arranjadinhos e bem integrados no local.

E toma lá mais uma garrafinha de água. Laranjas nem vê-las quanto mais um pãozinho com chouriço. Normalmente as Câmaras do litoral só nos dão água e nada mais. O pãozinho com chouriço, as laranjas ou até mesmo uma maçã só lá para a serra. E o curioso é que são as Câmaras mais pobres que mais dão.

Esta foi a única flor que encontrei em todo o caminho. É um bocado esquisita mas foi o que se arranjou. Os pinhais não são própriamente um local de flores embora haja algumas mas o tempo também não ajuda nada.

E chegámos ao fim da caminhada. 4 kms é muito pequena mas era o que havia.

E agora toca a descansar um pouco. Todo este pessoal precisava de um pequeno exercício de relaxamento mas como não há, sentam-se ao sol. Mas o passeio foi bonito, muito bem organizado e eu gostei muito.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: